quarta-feira, 30 de junho de 2010

Psicologia.

Pretendia seguir, porém tenho minhas dúvidas. Tenho um motivo a favor mas trinta contra. E também acho que sou mais louca do que os possíveis pacientes. Talvez deva me internar, porque aí seriam sedativos de graça, não precisaria trabalhar e poderia ficar no jardim a vida toda, olhando a grama crescer. Tabom, foi um pequeno delírio meu. Acho que acabarei na Química mesmo. E eu também não gostei desse post, só precisava escrever sobre para ver se me decidia, mas não adiantou muito.

3 comentários:

Alan de Faria disse...

psicologia existe pra tentar nos explicar. mas nós não somos explicativos, ninguém se conhece e nunca vai se conhecer, e nem a psicologia vai mudar isso. Só a experiência perfeita nos daria uma auto-definição de quem somos, mas ela não existe. e então o único remédio, a única maneira de sabermos quem somos, fomos, é a morte !

maki k. disse...

É, realmente. Bom, só sei que preciso achar um objetivo para minha vida, porque desse jeito tá difícil.

Hygor disse...

Minha mãe fez psicologia o/

Ela diz q ela gostou mto do curso mas depoi é muito dificil entrar no mercado , pelo menos com um salario decente(Segundo ela)...

PS:Tenho 2 vizinhas q fazem PSICO na UFSCAR tbm xD!

Se for isso q vc quer , presta sem medo!