sábado, 28 de agosto de 2010

Sentia a liberdade

entre os deveres, algo como o prazer em fazer suas obrigações. Mas só por hoje e sabia bem disso. Digita sem pensar, os ruídos das caixas de som misturados à música não permitiam nem que ouvisse a si própria. Pelo menos passaria um tempo, relativamente pequeno, sem prestar atenção em coisas que não devia se preocupar. Ainda.

Nenhum comentário: