quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Paz é a gente que faz ?

Filhos que são mortos pelos próprios pais. Guerras de anos que acabam somente destruindo sem solução alguma. De outro lado, passeatas, protestos, porém, prisões e silenciamentos. O ser humano já desconhece o sentido da palavra paz. Talvez não saiba mais como solucionar problemas, extinguiu-se o intuito de fazer o certo e manter os princípios. O que resta em nós, em todos é apenas a reclamação dos fatos, a "abominação" sem ação. Adquirimos o não agir, talvez por falta de incentivo ou por falta de visão.
Mal sabem alguns que teria sim solução se todos ou boa parte se mobilizassem e lutassem pelos direitos corretamente exercidos e se cada um tomasse consciência do valor do respeito e senso de limite.


-------------------------------------------------------------------------------------


Aula de filosofia, 9:13 am.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Um poder.

Só ela percebia, só ela sentia. Nem que quisessem os outros veriam. Somente soube que o tinha quando caiu em pensamentos, examinou sua vida, lista de amigos e se viu sem nenhum. Todos estes ex-amigos agora farreavam com sua roda de pseudo-amigos que ela os ajudou a encontrar, sem sequer notar. Foi aí então que percebeu, seu humilde dom: sugar tristeza e solidão. Isso a consumia por dentro, apodrecia cada órgão; tornava-a cada dia mais inútil e desolada, mal vista e desaprovada socialmente. Não entendia por que deveria ser ela o depósito de cada rancor pessoal, não tão pessoal assim. Questionava quando encontraria um ponto de luz, aquele que teria tanta felicidade guardada que a curaria ou, pelo menos, anulasse sua existência.

------------------------------------------------------------------------------------

Gosto de historinhas :3
Era pra ser algo pro dia das crianças, mas já passou da meia noite e ficou um tanto quanto dramático rs
E também não ficou bom; só me veio a ideia, resolvi escrever e acabei modificando ela toda ao longo do meu bater de teclas. Talvez esse o motivo da insatisfação no resultado, hm.
Enfim, ninguém lê isso mesmo, beijostchau:*

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Metas.

Preciso anotá-las pois se eu as dissesse todos, sem excessão, ririam de mim e tirariam minha força de vontade para conseguir; Já tenho cabeça fraca, não preciso de ajuda pra desmoronar. Persuasível e burra, penso demais nas consequências e não vejo o que está exatamente na minha frente. 


Tentarei evitar um destino desagradável.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

One love, one heart.


Problemas,

constrangimentos, dificuldades, limitações, dor, tragédias, decepções,o impossível. Não há como viver parado, não se pode permitir a perda sem contra-atacar. Portanto, supere-os e aprenda. 


Cresça.

Sinto-me

alguém importante, influente; um acontecimento marcante, de fato. Só me resta saber se isto é verídico.