sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Pseudo-presença.

Não escuto, se presto atenção logo disperso. Não tenho pulado de alegria ou chorado de tanto rir. Clichês fazem parte de mim agora. Tento entender mas não processo as informações direito. Fico nervosa facilmente. Estou extremamente irritante.
A verdade é que eu tento melhorar, sempre. Tanto a situação quanto meu gênio do cão. Perdoe-me por minhas falhas brutas e tente relevar aquilo que tenho de bom, mesmo que não esteja visível no momento.

Nenhum comentário: