segunda-feira, 30 de maio de 2011

domingo, 22 de maio de 2011

Estressada demais,

tento relaxar e me perco em meio a devaneios; Tropecei na realidade, novamente. Estudar para ser alguém, arrumar a casa para ajudar, arranjar um serviço se quiser alguma coisa, fazer coisas que não quero, ver pessoas que não gosto. Como pode algo consideravelmente positivo me fazer tão mal ? De uma proposta razoável a uma dor de cabeça incessante; Meu destino tão certo esta deturpado, não tenho mais convicção. É triste ver como minha inspiração depressiva voltou, queria não ter sobre o que escrever por não saber descrever positividade. Cogitei, temporariamente, que essa magnitude na desgraça fosse minha sina, que sorrisos vindos de mim seriam apenas máscaras da verdadeira face da minha alma, esta que até hoje desconheço. Não questiono pois não sou a dependente, sou o meio. Não posso arruinar uma vida que não é minha, apesar de já o ter feito inúmeras vezes por estupidez.

Preciso mudar de personalidade.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Studying.




a lot.